Tag Archives: dossier em curso

Elogio do ócio (IV)

 

..

Mil vezes sentar-me à vontade em cima de uma abóbora do que comprimir-me entre outras pessoas numa almofada de veludo. 

Henry David Thoreau – ‘Walden ou a vida nos bosques’ (1854)

Fotos (Afurada, Porto, "Monumento ao Herói Pescador", popularmente conhecido por "Chapa", 2014-15) e escolha de citação de Antigoni Geronta

Elogio do ócio (III)

Ganhar o pão do seu dia

Com o suor do seu rosto…

– Mas não há maior desgosto

Nem há maior vilania!

Mário de Sá-Carneiro

Fotos (arredores de Évora, 2017) de PDuarte

 

Elogio do ócio (II)

Se o ensino é acolhido com reticências, ou até com repugnância, é porque o saber filtrado pelos programas escolares contém a marca de uma ferida antiga: ter sido castrado da sua original sensualidade.

Raoul Vaneigem – Aviso aos alunos do básico e do secundário.

Foto (Campus da Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, Brasil) e escolha de citação de Maria Ramalho

Elogio do ócio (I)

 

Nesta nova série, sugerida por uma amiga do blog, Maria Ramalho, iremos partilhar fotografias que documentem singelas mas significativas apropriações do território, improvisadas e poéticas, sintomas difusos de pequenas liberdades que os omnipresentes poderes obstinadamente nos negam enquanto organizam e gerem a nossa participação no trabalho, no consumo e no lazer

O primeiro princípio moral é o direito do homem ao seu trabalho (…). A meu ver não há nada mais detestável do que uma vida ociosa. Nenhum de nós tem esse direito. A civilização não tem lugar para ociosos.

Henry Ford

Foto (Mértola, 2017) e escolha de citação de Maria Ramalho