Nas catacumbas da democracia

O Público regressou temporariamente ao jornalismo para uma efémera investigação sobre um exercício de governação que, mais ou menos subterraneamente, estrutura as democracias liberais, o lobbying: na U.E. e em Portugal. (A este estádio evolutivo das democracias burguesas, em que o poder dos estados e o poder das grandes empresas se fundem e confundem num único poder, Debord – no quadro da sua teoria sobre a sociedade do espectáculo – chamava o espectacular integrado. Segundo ele, este estádio caracterizava-se pelo segredo generalizado já que o centro decisor das democracias se tinha tornado oculto. Isto era em 1988.) Nada de muito original, portanto.

About PDuarte

Historiador, jardineiro, horticultor. Vive na província. No tempo vago, que procura multiplicar de dia para dia, perde-se em viagens, algumas pelos montes em redor, outras pelos livros que sempre o acompanham. Prefere o vinho à blogosfera, a blogosfera ao Parlamento.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s