Quando os liberais chamam de liberdade à polícia dos costumes

1 2 3 4

Philippe Marlière captou estas fotos numa praia de Nice. Talvez assim, ao vivo e a cores, os proíbicionistas entendam o que Philippe resume bem de “naufrágio geral”, ou, como escreveu a Inês Ribeiro: “somos tão feministas, tão pela liberdade, tão pela libertação, tão pelo respeito da mulher … Que o que fazemos é obrigá las a despir-se numa praia cheia de pessoas rodeada por polícia e ameaças de arma. Agora sim, mulher, estás livre!”.

Anúncios

24 thoughts on “Quando os liberais chamam de liberdade à polícia dos costumes

    1. Se fosse assim, obrigariamos os ocidentais que vem a África trabalhar, a cumprir com as tradições africanas. É triste ver comentários xenófobos e atitudes como esta dos polícias neste momento de globalização. Respeitar a cultura e hábitos do outro não irá reduzir a nossa. Geralmente quem faz isso são pessoas inseguras e temerosas que usam a violência para impor-se, porque não tem força suficiente para amar e ser tolerante.

      1. De facto, a situação de medo e terror que se vem sentindo e/ ou implementando na Europa nos últimos tempos, devido à loucura de alguns quantos, tem levado a que se tomem atitudes e se derretem leis e normas completamente bizarras e que vão contra a liberdade de casa um.
        Por exemplo, a proibição de usar a burla em espaços públicos, e outros assim.
        Creio que só o medo leva a exageros deste tipo. O problema é que esse medo é, quase sempre, amplificado por ideologias que se aproveitam da incultura geral para defenderem os seus interesses xenófobos.
        Na paz do Bosque.

    1. Nós os Portugueses, temos ditados: ” Em roma sê Romano”, “Para onde fores faz como vires fazer”… querem igualdade, tudo bem… mas só no dia em que nos seus paises de origem também a tivermos, querem ser respeitados aprendam a respeitar…

      1. é verdade não tivemos bem com os africanos e em Africa, mas recordo que não foi pelos portugueses mas sim por força de ditadores portugueses. Hoje em dia seria impossível acontecer. No entanto os povos africanos estão a passar o que passámos, ditadores a controlar o povo. Não poderemos culpar o povo por atitudes que não são democratas.

  1. A cara estava tapada? Se sim acho bem que a mandassem destapar, se não… foi por tirar o vestido de cima que ficou melhor? A minha mãe vai à praia quase como essa senhora e não é muçulmana, leva lenço na cabeça e um vestido veraniante por cima do fato de banho. E eu por acaso gosto de andar bem tapado na praia a não ser quando vou à água. Se for a Nice serei obrigado a tirar a tshirt e os calções compridos floridos? Uma coisa é certa, nestas notícias é sempre bom vir ler os comentários para ver cair o véu dos xenófobos que andaram disfarçados e escondidos. É só “boa gente” neste mundo.

    1. Sr Zeca essas senhoras andam tapadas porque são obrigadas pela sua religião quer gostem ou não! onde está a Liberdade aqui? Recorde que há mais de cem anos as mulheres na Europa andavam a toque de regime machista. Andar para trás nunca mais. A senhora da Burka provavelmente é francesa, assim como tal deverá preservar o que foi conquistado por todas as mulheres antigas. A parte do xenofobismo que fala não estou a entender, é sempre a mesma desculpa para o politicamente incorreto.

      1. São as únicas em que a religião obriga a andarem tapadas? Ó diabo, anda para aí muita distrcção. Eu fui educado por um grupo delas que andavam cobertas da cabeça aos pés, até quando me levavam à praia e não vi ninguém indignado, se calhar era por serem de outra religião. O politicamente incorrecto infelizmente tornou-se a retórica de “boa gente” como o UKIP e o PNR, consideram-se todos politicamente incorrectos, é só falar com um. Pense nisso.

  2. Deixemo-nos dessas merdas do xenófobo que é uma palavra que já está a entrar em demasia no vocabulário nacional por tudo e por nada, uma coisa é certa à anos quando fui aqui ao lado no interior de Marrocos embirravam com a minha mulher com a maneira como ela vestia se tinha calções é porque tinha calções, se tinha os ombros descobertos é porque tinha os ombros descobertos se tinha calças é porque tinha calças etc etc. Em relação à imagem não posso conceber que as autoridades obriguem a visada a despir o vestido ou seja lá o que for, isso já é de um extremismo que se torna perigoso agora o ocidente até inventou o Burkini, tenham mas é juizo, qualquer dia não permitem que uma Indiana use Sari ou uma japonesa com quimono ou um Escocês com Kilt ou um sargaceiro da Apúlia use saia. Desculpem-me mas é a minha opinião.

  3. Temo que se passou um decreto lei em França, que dá legitimidade as autoridades para rotularem um povo por causa de meia dúzia de lunáticos (que poder lhes dão….whatelse).

    Uma pequena observação. O que essa senhora está a usar não parece em nada uma Burka. Nem nada que se pareça, é só um lenço na cabeça com a cara destapada. Estou certo na minha primeira observação não?

  4. O Mundo n nasceu dividido ! Uma so raça (humanos)um so continente (pangeia) a ganancia da humanidade faz destas coisas tristes agir sem respeito para com o o proximo ninguem tem direito julgar ninguem a natureza faz retorno!

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s