Esquerda bipolar

21

O BE arrisca-se a ser galardoado como o grande defensor do governo. Tão defensor que não raras vezes o defende mais do que o próprio PS, timoneiro da viagem-piloto desta nova variação de reformismo sem reformas. Pasme-se que, depois de amnistiar o imposto sobre o sol, veio relativizar o aliciamento a governantes. Não que seja a favor, abrenuncia, mas rapidamente se apronta a lembrar que o governo está a ser alvo de um escrutínio que outrora não acontecia e que “não tem capacidade de demitir membros do governo”. O BE que pediu, e bem, a demissão do Macedo, do Relvas, do Portas, da Maria Luís, entre outros, em Portugal e no Mundo, a propósito de uma mão cheia de boas razões, anda esquecido de si próprio? Ou será que na verdade o BE foi quem mais mudou o seu grau de escrutínio face ao executivo em funções?

One thought on “Esquerda bipolar

  1. Relações perigosas:o sistema fiscal há muito que se transformou numa máquina de arrecadar receitas ao mesmo tempo que reproduz ou agrava todas as desigualdades -o sistema político uma máquina de arrecadar votos- com a decadência do sistema bipolar custa ver o Bloco de Esquerda ser engolido em patranhas que mais não fazem que eternizar no poder os protagonistas dos mesmos códigos de conduta de um capitalismo pútrido ao serviço dos monopólios.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s