Hipermercados Continente – a tortura continua

Há um ano atrás, a denúncia neste blog de uma trabalhadora dos hipermercados Continente relativa aos abusos a que estava diariamente sujeita tornou-se viral, desencadeando inúmeras outras denúncias idênticas que rapidamente inundaram a caixa de comentários. E eis que em poucas semanas as formas modernas de escravatura praticadas pelo maior empregador privado português, que tinham estado mais ou menos encapotadas durante anos, se tornaram públicas. De tal forma que a SONAE, proprietária do Continente, não tardou em lançar um panfleto interno onde instruía os seus funcionários a jamais tecerem algum comentário na rede sobre a empresa, bem como a denunciar às chefias quem o fizesse. Apesar da lei da rolha e da hábil propagação do medo, muitos trabalhadores não se calaram, tendo continuado a relatar na primeira pessoa a sua versão da mesma tortura. 400 comentários depois, e com um 'governo de esquerda' entretanto em funções, continuam a chegar-nos novos desabafos e denúncias, revelando que nada mudou. O último foi este.

“Como nós Pobres nos contentamos com tão pouco, gostei do Aniversario da Loja do Continente de Torres Vedras, foi bom, muita comida, muita fruta, muitos sumos e bolos, e as sobremesas solicitadas às nossas colegas caseiras estavam uma maravilha, muita gente a tratar deste evento para agradar ao Chefe da Diretora, convidado de Honra, sim porque a festa foi no dia 30 Maio e o Supermercado fez Anos no dia 28 Maio. Trabalhar isso não faz parte, temos que animar as pessoas com muita comida e muita CERVEJA, quando estava ali muita gente a ingerir álcool e ainda iam trabalhar, e quem ia para casa também poderiam ter um acidente, assim como no trabalho, de quem era a culpa se isso acontecesse??? Que eu saiba é proibido beber bebidas alcoólicas no período de trabalho, ainda mais dadas pela entidade Patronal, mas ninguém quer saber, o certo é que foi um grande almoço, todos felizes e contentes a serem comprados por uma pessoa que nem mandar sabe, mas isso só diz respeito à empresa, adorei, nesse dia pouco fiz, a ordem era de festa e animação, tudo seria bom se não estivesse por detrás de tudo isto os horários de gaveta, as folgas por gozar, as entradas de uma jornada para a outra com intervalos de 5 horas, a lei da rolha aqui nesta loja ……..”

anónimo, 1 de Junho 2016

About PDuarte

Historiador, jardineiro, horticultor. Vive na província. No tempo vago, que procura multiplicar de dia para dia, perde-se em viagens, algumas pelos montes em redor, outras pelos livros que sempre o acompanham. Prefere o vinho à blogosfera, a blogosfera ao Parlamento.

2 thoughts on “Hipermercados Continente – a tortura continua

  1. Ora aqui está mais um excelente exemplo de como funciona a lógica do capitalismo selvagem que nos querem impor como sendo a única, a melhor, a mais produtiva.
    Mas não se enganem, meus amigos. A coisa não vai ficar por aqui. Os tratados corporativos que aí estão (o CETA vai entrar em vigor já no ano que vem e o TTIP virá logo a seguir) visam levar a escravatura muito mais longe, concedendo às grandes empresas direitos e privilégios absolutamente impensáveis.
    Durmam portanto descansados, pois eles nunca dormem…

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s