“A resistência improvável, a ocupação impossível”

A reportagem piloto do Jornalismo de Causas, na Palestina, já pode ser lida e divulgada, em regime de copyleft. Deixarei para mais tarde uma abordagem a alguns dos temas que são abordados, limitando-me por agora a agradecer a todos os que tornaram o projecto possível.

Jornalismo de Causas

Reportagem na Palestina, por Renato Teixeira

12341054_1101273139891762_6080087607880129179_n Campo de Refugiados de Aida, Belém

São semanas confusas as que se vivem, por estes dias, no Médio Oriente, um território que tem pago caro as aventuras das potências que aí jogam, sem nenhum pudor, os seus interesses, à custa de elementares direitos humanos. Aqui todos sabem bem que ao aumento da confusão corresponde mais sangue derramado, sempre por aqueles que menos condições têm para se defender. O povo palestiniano vive desde o início da Nakba – tragédia; expulsão e extermínio dos palestinianos para a fundação e aprofundamento do Estado de Israel – uma violência sem paralelo, numa desproporção obscena relativamente a quem é vitima e agressor, levada a cabo por um projecto colonial já com 70 anos, e que se transformou numa das feridas que mantém todo o Médio Oriente em carne viva. Os palestinianos defendem-se levando a revolta a todas as esferas da vida…

View original post mais 19.196 palavras

One thought on ““A resistência improvável, a ocupação impossível”

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s