“O glifosato foi extensivamente avaliado em estudos de toxicidade e investigado cientificamente por investigadores independentes. A conclusão unânime das principais agências regulatórias e de especialistas da área é que o uso comercial de glifosato não representa risco para o meio ambiente ou para humanos e animais.” 

Durante décadas, impingiram-nos esta mentira sobre o herbicida sistémico mais usado no planeta, inventado nos anos 70 pela Monsanto, o gigante agro-químico americano. Há um ano, os média noticiaram a confirmação de que a exposição ao produto a que, em maior ou menor grau, todos estamos sujeitos (via comida, ar ou água) é potencialmente cancerígena. O que, para muita gente, não constituiu nenhuma novidade, a começar logicamente pelos canalhas impostores da Monsanto.

Advertisements
Uncategorized

About PDuarte

Historiador, jardineiro, horticultor. Vive na província. No tempo vago, que procura multiplicar de dia para dia, perde-se em viagens, algumas pelos montes em redor, outras pelos livros que sempre o acompanham. Prefere o vinho à blogosfera, a blogosfera ao Parlamento.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s