★David Bowie★ | 1947-∞

And the stars look very different today…

12 thoughts on “★David Bowie★ | 1947-∞

  1. «In interviews with Playboy, NME and a Swedish publication, Bowie made it clear that he was a fan of fascism and Adolf Hitler.

    Bowie said: “I believe very strongly in fascism …Adolf Hitler was one of the first rock stars.”»

    Tão estranho como um pseudo blog de esquerda se rende a uma causa capitalista e até mesmo fascista…

    1. A pois é! Disso ninguém fala…
      Porque será que escrotos são facilmente elevados a ‘divindade’?
      Será porque no fundo a chave do ‘sucesso’ é forjada nos meandros da escrotice?
      Quiçá…?

      1. (peço desculpa pelo francês…)

        “ Au delà du “cas Heidegger”, lequel en efet a aussi la petitesse d’un antisémite vulgaire, il importe absolument de faire admettre partout que quelqu’un peut être ou avoir été anti-communiste, stalinien, philosémite, antisémite, hostile aux femmes, féministe, monarchiste, démocrate, militariste, nationaliste, Résistant, nazi ou mussolinien, homosexuel, sexuellement conformiste, internationaliste, colonialiste, égalitaire, aristocratique, massiste, élitiste, et j’en passe, et être un philosophe de la plus grande importance. Les examens de morale, de “démocratie” moyenne, de bon genre idéologique, de non criminalité, d’incompromission absolue — de pureté idéologique, en somme, vocable que ces bons apôtres inquisitoriaux font passer comme caractéristique de ceux qu’il faut purger, alors qu’ils en sont la plus parfaite incarnation — sont intolérables, et ne doivent pas être tolérés. A bas les petits maîtres de la purification de la philosophie! “

        excerto de “Lettre d’Alain Badiou à propos d’une recension autour de Faye/Heidegger sur Actu Philosophia”.

        Apesar de surgir a propósito de uma questão específica, um livro sobre as ligações de Heidegger ao nazismo (“Heidegger, le sol, la communauté, la race” dir. Emmanuel Faye) e a “filosofia” dos autores que nele participam, esta é a frase definitiva para começar a falar seja do que for.

    2. Lars von Trier disse disparates parecidos aos de Bowie. E arrependeu-se como ele. E daí? Temos mesmo de subjugar a obra de alguém aos disparates de que esse alguém é capaz? Por essa ordem de ideias, como poderemos interpretar os trabalhos mais radicais e subversivos de Igor Strawinsky, sabendo que ele era cristão e conservador, frequentemente atacado por marxistas? E a obra inclassificável de Frank Zappa, um defensor do liberalismo económico, um capitalista assumido?

      Miguel, um anjinho esquerdista como tu merece muito mais e melhor: há por aí muito bons blogs de esquerda – puros, homologados, responsáveis. Não percas mais tempo nesta tasca pseudo. Só te trará desilusões… É um favor que fazes a ti (e a nós).

      1. Não sou anjinho, nem esquerdista (felizmente), mas também não sou tão ingénuo como o PDuarte.

        E dou-te inteira razão: «Tasca Pseudo» É a melhor definição para este blog de que nada se entende. Nenhuma ideia se extrai daqui.

        Divirta-se com o seu Bono (dos U2)… a apertar a mão a George W. Bush.

        A ingenuidade imbecil de PDuarte fica aqui desmascarada.

      2. É sempre difícil estabelecer conversa com um analfabeto (tentei com o comentário anterior; o M. tentou com o seu comentário; apenas o analfabeto não fez a sua parte, ou melhor, FEZ, dando justamente uma resposta de analfabeto: “nenhuma ideia se extrai daqui”. Pois experimenta aqui: http://apipocamaisdoce.sapo.pt/). Por hoje esgotei as minhas tentativas.

  2. Acho piada a certos incultos que, ao perderem a razão, chamam aos seus adversários de analfabetos…
    Enfim, o menino «beto» e nojento «PDuarte» no seu pior.

    1. Eu também me estou a rir:

      em primeiro lugar, à excepção de uma coisa que toda a gente sabe (a historieta do David Bowie), o Miguel ainda não disse nada: não sei como é que espera “tirar a razão” ou “desmascarar” seja quem for dessa forma;

      depois, não sei se reparou, mas começa a frase a fazer aquilo que me (nos) acusa de fazer: à falta de argumentos, um insulto.

      Devo dizer-lhe que mantenho a minha opinião sobre si.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s