Sobre a coroação mediática de um presidente da república

1960141_432229593641001_8868204498012420631_n

Esta capa, à imagem da entrevista conduzida pela embevecida santanete Leonete Botelho, é todo um programa político. Depois da TVI, que se despediu do comentador com o candidato em braços, saudando-o até que ali volte como Presidente, a generalidade da comunicação social tem dado um espectáculo ridículo na condução de Marcelo Rebelo de Sousa a Belém. É verdade que as alternativas não são mobilizadoras, mas faço questão de ir botar o meu voto contra a transmutação da já débil democracia numa espécie monarquia revisitada.

Advertisements

5 thoughts on “Sobre a coroação mediática de um presidente da república

  1. Tendo perdido o acesso direto ao governo, uma grande parte dos interesses que contam aposta agora tudo na eleição deste gajo. 5 anos depois da eleição do cavaco e após ter ficado evidente o papel extremamente nefasto de um PR alinhado a 100% com a economia política liberal, chegamos aqui sem que o sistema partidário ou a “cidadania” consiga articular uma resposta vencedora. O que resulta claro é que o essencial da responsabilidade cabe ao PS que não teve tomates para apoiar o Sampaio da Nóvoa. Veremos se o Costa não tem o mesmo destino do Sócrates… o que neste caso seria bem mais grave.

  2. Media,dinheiro e poder,a reprodução através da “comunicação social” do poder simbólico/material de um capitalismo lumpén – o recurso a um valor seguro como MRS desde o tempos do marcelismo até hoje…capaz de assegurar a continuidade… prova de que esta coisa dos regimes contam menos que a vigência capitalista!

  3. É verdadeiramente triste e assombroso eleger esta espécie de excêntrico e «louco» como presidente da república. Alguns, como Miguel Sousa Tavares, acham a ideia divertida. Pior é ver esta comunicação social completamente rendida à ideia e apelando ao voto (indirectamente) nesta «coisa» chamada Marcelo ou «Marcello».

  4. Tamos numa nice. Malta vamos convidar o marcelo para fumar umas brocas ele é baril… 8 candidatos do PS a ataca-lo (todos menos aquele caixa de óculos da corrupção) mas ele está na boa… Razão tem o Manuel Vieira, bora fundar o partido da abstenção, porque fora de tanga é o melhor partido actualmente.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s