Das raízes do terror

Esta estampa retrata muçulmanos decapitados em Marrocos pelos franceses e utilizadas como selo francês. 1922

Um postal francófono, a exibir com orgulho as cabeças cortadas pelo colonialismo francês e vendido como postal turístico. Quando a dita “Civilização Ocidental” se lembra de dar lições de moral ao mundo – que redundam sempre em guerra, desta feita na Síria – importa lembrar que as únicas lições que o Ocidente não recebe de ninguém são lições de barbaridade.

One thought on “Das raízes do terror

  1. Boas!

    Até ficamos revoltados quando outros povos tentam ser mais bárbaros que nós… E a vingança é mais e melhor barbárie!

    De resto a nível de cortar cabeças os Tugas também têm excelente e recente tradição!

    Deverá ser por isto que somos tão bons Amigos da Arábia Saudita…

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s