Isis, o “monstro”.

Na sequência do post de PDuarte em baixo e para quem compreende francês, um dos únicos vídeos em que se diz verdades, num programa de grande audiência na Tv2 francesa. Alguém que se exprime claramente sobre aquilo que sabe do terreno. Não concordo integralmente com o que diz, mas ataca dois pontos essenciais : – primeiro, o problema não é a segurança interna em França mas sim a política externa do ocidente que adora os fundamentalistas religiosos quando estes são liberais economicamente ; – segundo, deixou-se crescer um monstro e é ele agora que escolhe o timming dos atentados. Atua da seguinte maneira : primeiro ataca a população, incluindo os muçulmanos residentes no ocidente, depois é paciente, observando as consequências do pós-atentado, nomeadamente as medidas que fazem cerco às populações supostas ou reais muçulmanas, cujo proveito máximo é tirado pela direita. Deve-se saber que atualmente o ISIS tem meios suficientes para fazer atentados quotidianamente no ocidente, mão-de-obra disponível para isso não escasseia na organização. Ao contrário, espera a revolta e radicalização da população vulnerável contra o sistema opressor, para engrossar fileiras e fazer crescer a massa. Não nos enganemos, o « monstro » tem sido bem mais inteligente do que nós. Se os governantes não fossem tão estúpidos e ambiciosos (os nomes dos culpados são conhecidos, basta lembrar Iraque 2003) e se os filhos dos responsáveis dos serviços secretos, das agências de inteligência ou de todos aqueles que desenham estratégias geopoliticoeconomicas começassem a ser vitimas neste tipo de atentados, o “monstro” talvez não tivesse tanta liberdade para expandir as suas atrocidades. #VosGuerresNosMorts.

Anúncios

3 thoughts on “Isis, o “monstro”.

  1. Apenas acrescento dois factos que nos ajudam a perceber quem é quem.
    1 – Quando os russos começaram a bombardear o ISIS, o amigo americano entrou em pânico, quase histeria. Porquê?
    2 – Num comentário a esses ataques, um alto responsável yankee declarou aos média.”they are killing our boys…”
    Mais palavras para quê? São artistas corporativos no seu melhor….
    Não esbanjámos….Não pagamos!!!!!

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s