Assinalável Coerência

2

A Constituição da Republica Portuguesa continua coerente consigo própria. Não serviu para evitar a desagregação e deterioração dos serviços públicos, das escolas aos hospitais, não serviu para evitar a desregulamentação e a impunidade do sistema financeiro, não serviu para se evitar a destruição da contratação colectiva e a generalização da precariedade, não serviu para garantir que os cidadãos não são discriminados por nenhum factor natural e agora também não serviu para que um governo em gestão, impedido de quase tudo, privatize a TAP a contra-relógio e contra a lei.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s