Quantos sonhos de esquerda restam na cabeça dum gajo depois de duas décadas a fazer carreira no PS?

sergiosousa1994: “Para o novo Secretário-Geral era importante conferir um caráter mais forte de esquerda na JS, através da carga ideológica e tomada de consciência crítica dentro do Partido. Nas suas palavras, “havia a necessidade de explicar que a Juventude Socialista não era um apêndice etário dos socialistas com menos de 30 anos, mas que era uma organização com capacidade de afirmação própria, com uma agenda política própria e uma mensagem própria”.”

01999: “… a insistência do líder da JS, Sérgio Sousa Pinto, em debater “questões fracturantes”, como a despenalização do aborto, o reconhecimento de direitos às uniões de facto hetero e homossexuais e até a descriminalização do consumo de drogas.”

transferir2015: “Sérgio Sousa Pinto demitiu-se do secretariado nacional depois de classificar como uma “barafunda suicidária” um governo de esquerda.” 


About PDuarte

Historiador, jardineiro, horticultor. Vive na província. No tempo vago, que procura multiplicar de dia para dia, perde-se em viagens, algumas pelos montes em redor, outras pelos livros que sempre o acompanham. Prefere o vinho à blogosfera, a blogosfera ao Parlamento.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s