Os que venceram os muros da Europa

Os números oficiais apontam para 100 mil pessoas que só no último mês chegaram à Europa. Ninguém sabe quantos mais se preparam para partir, mas é certo que são largas centenas de milhares. A este número falta somar aqueles que desistem e aqueles que não aguentaram a jornada. O Mediterrâneo é cada vez mais uma vala comum e todos os dias chegam imagens que ilustram a luta dos que se fazem ao mar e à estrada para mudar de vida. O Ocidente, hipócrita, cerra fronteiras ou abre-as na directa medida que possa tratar todos os que chegam como escravos assalariados, onde não poucas vezes o salário tem a forma de uma taça de arroz. Ainda assim, e porque todos têm o direito a partir, as imagens que escolhi para este desabafo têm todos algo em comum: o sorriso ou os dentes cerrados de quem depois de lutar, venceu. Estes são os que chegaram. Fugiram de locais onde lhes foi retirado, muitas vezes em nosso nome, o direito de ficarem. Bem-vindos sejam!

One thought on “Os que venceram os muros da Europa

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s