“MLKP-FESK”, por Carlos Marques

MLKPO braço armado do MLKP (FESK, Forças Armadas dos Pobres e Oprimidos) entraram em cena, eliminando três takfiris do estado “islâmico” em Sinjar.

O MLKP (Partido Comunista Marxista-Leninista) é um partido da linha hoxhista que participa no processo de guerra popular. É membro da ICOR e destaca-se também pela sua actividade em Rojava, integrando combatentes europeus, e tendo sacrificado alguns militantes para a libertação de Kobani (ou Ayn Al-Arab).

Em comunicado:

“Conduzimos uma acção de retaliação pelo massacre de 31 socialistas que aconteceu a 20 de Julho em Suruç. Três gangsters foram mortos na acção. O Daesh* e o estado turco não sairão incólumes deste massacre. Em resposta a esta matança, irá nascer uma união revolucionária, uma unidade na luta. A partir de agora responderemos aos massacres com retaliação contra o estado turco e o Daesh* tanto na Turquia, como no Curdistão do Norte, em Rojava e Sinjar. O sangue derramado será vingado.”

*Daesh, sigla em árabe que significa “estado islâmico do iraque e do levante”.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s