Em Tempo de Guerra, Amor e Eros: “Pas plus de mots, parlez la marée”

Au printemps, il faut se attendre le discours de la marée. Laissez les dessins impossibles prennent forme au sable. Avec impatience, mais sans hâte. Tout ce qui doit être vécue, vivra.

Anúncios

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s