Nem na Alemanha o BCE é bem recebido

1507733

Está a ser uma quarta-feira a ferro e fogo. Durante a manhã a resistência alemã respondeu com a violência necessária à inauguração da nova sede do Banco Central Europeu (BCE), uma das instituições mais mafiosas da alta finança e que mais violência tem gerado na vida de centenas de milhar de pessoas. Além do ataque às forças policiais, os manifestantes construíram várias barricadas, horas antes da manifestação unitária que irá decorrer durante a tarde de hoje. Ao contrário do que algum populismo nos quer fazer entender, a luta que hoje atravessa a Europa não é uma luta do Sul contra o Norte, dos países pobres contra a Alemanha. Essa mistificação, errada na sua substância e perigosa na forma que assumiu, mais não pretende do que esconder a actualidade da luta de classes, que junta os pobres do Sul com os pobres da Alemanha, contra o conluio dos ricos da Alemanha com os ricos do Sul. A importância de tornar a Alemanha ingovernável é inquestionável, mas que tal não gere nenhuma ilusão nacionalista nos povos ocupados pela austeridade, cujos capatazes, longe de serem alemães, falam todos português, castelhano, italiano ou grego.

Mais informação no Indymedia e no LibreRed

4 thoughts on “Nem na Alemanha o BCE é bem recebido

  1. Desta vez o Menor prestou um excelente serviço à causa comum com este certeiro comentário. Ainda bem que as pessoas (algumas??) se preocupam com o fundamental e relegam o acessório. Estou plenamente de acordo
    Não esbanjámos………Não pagamos!!!!!!!!
    ZM

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s