“Honesto e franco”

Honesto e Franco

É “honesto e franco” que o MAS reconheça aos outros o mesmo direito que reivindica para si próprio de opinar a partir do sofá. É, diria eu, um bom começo democrático. Se eles podem e devem publicar o que entendem – por mais surrealista que seja – outros, naturalmente, também o podem fazer. De resto, isso mesmo reconhecem na sua declaração de cooptação política: “Por isso, naturalmente, colocamos as nossas forças ao serviço desta experiência política, reservando a nossa autonomia e direito a opinião, como todos os activistas num movimento desta natureza.” Se é para poder, ou podemos todos ou não podemos juntos. Confrontados com a grandiloquência, além de opinar, como por aqui foi feito – os demais cidadãos têm também o direito e o dever de fazer várias perguntas, cuja respostas são determinantes para saber como resolver a equação:

1 – O MAS vai dissolver-se? 

2 – Como vão resolver a dupla filiação? 

3 – Colocando a questão ao contrário, parece-lhes justo que um grupo ou partido organizado, entre, por exemplo, no MAS? 

4 – Saberá o MAS que a sua decisão de entrar de forma organizada no grupo “Juntos Podemos” não depende apenas da sua vontade mas igualmente da vontade dos que lá estão? Que essa integração terá que ser votada e não mitigada com a camuflagem dos seus militantes como pretensos independentes?

5 – Será que o entusiasmo com o Podemos do Estado Espanhol os levou ao ponto de estudar como resolveram lá o problema que colocam?

Naturalmente que a responsabilidade de imputar aos outros a ausência de uma alternativa – como aqui tentei explicar – vai recair sobre as suas costas. Amanhã, se a truculência deste processo significar o fim desta oportunidade, é o Costa que agradece a inépcia táctica do MAS. Isso, ou concluir que aquilo que querem é matar à cabeça um processo de reorganização que lhe retira o pouco oxigénio que lhes sobra no mapa político. Em que é que ficamos?

2

6 thoughts on ““Honesto e franco”

  1. Houve por aqui alguém a render-se ao activismo de sofá. Que se limpem as dúvidas levantadas pelo arakiri táctico o mais rapidamente possível, para que todos sigam caminho com todas as cartas em cima da mesa.

  2. “todas as cartas em cima da mesa”, o MAS já as pôs todas e de peito aberto assumiu que caminho pretende trilhar. Neste blog discute-se o que outros querem e dizem, mas pouco o que os próprios autores propõe. É sempre mais fácil criticar outros do que contribuir para a construção de uma alternativa. Afinal o que pretendem? Querem um partido PODEMOS ou não? Acham que seria importante ou não? Acham urgente ou não? Em que condições, ou que condições julgam ser necessárias para se avançar? Acham que alguma vez as condições ideias serão reunidas? Quais os pontos que consideram centrais, quer a nível programático ou de funcionamento interno? Isso sim gostava de ver discutido aqui em vez da tentativa de afundar o processo na lama…

    Aliás é impressionante como se ataca o MAS pela sua honestidade e nada se diz sobre a “honestidade” daqueles que escrevem é “AGORA”, mas depois fazem tudo para empurrar as decisões para uma mítica “manhã de nevoeiro” qualquer.

    Já agora tu e o Renato o que é que defenderam e votaram na Assembleia? “Honestidade e Franqueza” é coisa que verdadeiramente falta nesta discussão, a começar por honestidade intelectual dos autores dos posts neste blog, mas infelizmente AGORA ainda há bem piores.

    1. Francisco, o que fizeste tu por aquilo que defendes para lá de comentários muito esbaforidos na rede?

      Eu o que penso já por aqui escrevo desde que o Podemos chegou. De resto, numa altura em que outros, agora cheios de pressa, ainda andavam presos a posições neolíticas.

      https://obeissancemorte.wordpress.com/2014/12/02/regresso-as-cavernas-do-sectarismo/

      Não me causa urticária o partido, bem pelo contrário, mas parece-me curto pensar esse partido apenas e só para resolver os problemas desta ou daquela organização.

      Abraço e aparece nas reuniões e nas assembleias.

      Até dia 24 de Janeiro!

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s