Apresentação do filme “bambule” de Ulrique Meinhof, 5ª feira, 27/11, no RDA49

“O filme conta a história de várias raparigas nas franjas da sociedade, confinadas a um internato estatal e cujas condições levam a uma violenta insurreição.
O seu roteiro foi baseado numa série de entrevistas que Meinhof conduziu com essas jovens, assim como no convívio que a mesma estreitou com várias delas – que hospedou em sua casa (uma delas, Irene Georgens, viria a se tornar membro da RAF). Essa casa é, no filme, claramente o análogo de uma prisão e, também, um microcosmos da sociedade alemã como um todo. À instituição total figurada na casa não se opõem espaços de liberdade, mas essa simplesmente concentra e explicita uma espécie de dominação generalizada, como se verá na breve tentativa de fuga encetada por uma das jovens.”

hqdefault“Um filme para televisão, “bambule” (parece que o “b” em caixa baixa é intencional) está intrinsecamente ligado à história do grupo Baader-Meinhof. Esta profunda ligação foi o que transformou este telefilme “menor” num dos grandes “filmes perdidos” durante quase 25 anos.
“bambule”, produzido pela Sudwestfunks, emissora pública regional de Estugarda, tinha como data prevista para estreia na Alemanha o dia 14 de Maio de 1970, na emissora pública ARD. Mas o filme foi retirado do alinhamento, uma vez que a sua escritora, Ulrike Meinhof, se tornara, quatro dias antes, a fugitiva mais procurada da Alemanha, pelo seu envolvimento na fuga de Andreas Baader à custódia policial, em Berlim.

O que era um retrato efectivo e evocativo da vida num reformatório feminino, ganhou proporções de “nitroglicerina” política, tendo permanecido fechado e inacessível nos arquivos da emissora durante décadas.”

Ver mais em:

http://rda69.wordpress.com/2014/11/25/bookbloc-feminista-de-novembro-apresentacao-do-filme-bambule-de-ulrique-meinhof/

https://www.facebook.com/events/770081283063347/?pnref=story

About Irina Spalko

Nasci e cresci numa pequena vila nas regiões orientais da ex República Socialista Soviética (Kazan). Fui considerada bruxa na minha aldeia. Cedo sai de casa, tendo vivido um pouco por toda a Rússia. Gosto de esgrima e combate corpo -a-corpo. Sou prima afastada da conhecida empresária Isabel dos Santos (parte materna de ambas).

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s