Adjetivos há muitos, resistência só há uma

Entraînement au tir d'obus
©Yann Renoult.

Treino militar das brigadas Abu Ali Mustafa. Ler a reportagem do fotógrafo Yann Renoult sobre as brigadas aqui.

“O discurso ocidental a propósito da causa palestiniana há alguns anos que tem adoptado adjetivos novos – e superficiais – para descrever a resistência palestiniana: resistência “não violenta”, resistência “pacifica”, resistência popular, resistência “não armada”. E claro está a resistência “à Gandhi”. Este vocabulário foi também adoptado pelos comités palestinianos de luta popular, nascidos após o sucesso de Budrus, pequena aldeia da Cisjordânia ocupada cujos protestos populares conseguiram que 95% das terras expropriadas pelo muro do apartheid em 2003 fossem recuperadas pelos aldeãos. No entanto, a obsessão fetichista que se concentra sobre um tipo especifico de resistência contribui, de uma maneira ou outra, para deslegitimar outras formas de resistência, limitando simultaneamente a discussão sobre o que é em realidade a resistência popular.”

Ler o resto do artigo de linah Alsaafin em francês ou inglês.

One thought on “Adjetivos há muitos, resistência só há uma

  1. Trigo limpo, farinha amparo! Cabe-nos destruir todas essas reminiscências do reformismo de pantufas e o seu discurso de deslegitimação da resistência armada.

    Todas as frentes de luta têm que estar abertas: BDS, Resistência militar, pressão diplomática, etc. Quem quiser cortar uma das pernas é um colaboracionista. A resistência militar é responsável pelos avanços mais recentes.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s