Mulheres contra a humanidade

tumblr_m59azcTfwB1qbdhauo1_400

“Tem um percurso académico notável e não deixamos de sublinhar que sendo uma mulher num governo com tão poucas é igualmente um dado relevante. Não vamos fazer qualquer espécie de avaliação política no actual quadro.”

Depois da UMAR ter aplaudido a eleição de Assunção Esteves para presidente da Assembleia da República, no início do mandato do actual governo, o BE vem agora sublinhar que é um dado relevante a nomeação de uma mulher, Anabela Rodrigues, para substituir Miguel Macedo à frente do Ministério da Administração Interna. Enquanto algum feminismo continuar a meter “o género antes de tudo” vai continuar a ser difícil perceber que em matéria de classes sociais não conta nada o sexo que se ostenta. Além de Assunção Esteves ou Anabela Rodrigues, Margaret Thatcher, Angela Merkel, Condoleezza Rice, Sarah Palin, Hillary Clinton ou Christine lagarde são disso exemplos perfeitos. Haverá algo a saudar pelo facto de serem mulheres quem nos aperta o garrote?

4 thoughts on “Mulheres contra a humanidade

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s