Luxemburgo, paragem obrigatória no roteiro do capital

4518893_6_f3e5_zone-d-activite-de-la-cloche-d-or-a_79b8ab282f746cd776b013a156624a53

O jornal Le Monde começa hoje a revelar os resultados de uma detalhada investigação sobre o que esconde o sistema fiscal luxemburguês. Valerá a pena acompanhar nos próximos dias os dados apresentados pela investigação para ficarmos a conhecer a realidade mais a fundo, ainda que seja quase certo que não irão surgir grandes novidades, já que é bem sabido ser um clássico as maiores multinacionais (Apple, Amazon, Pepsi, Ikea…) transferirem os seus lucros para holdings ou filiais luxemburguesas, fazendo assim que o seu capital não seja taxado nos países onde ele foi gerado. São milhares de milhões de euros desviados do orçamento dos estados. E são escolas, hospitais, bibliotecas, universidades, sistemas de transportes, companhias de dança, de teatro e milhões de pessoas a irem com o caralho. Quando se diz que o capitalismo é genocida não se está a hiperbolizar, mas a dizer a maior verdade desta época, que neste blog não nos cansaremos de ilustrar.

20121215_WBP005_0

Anúncios

About PDuarte

Historiador, jardineiro, horticultor. Vive na província. No tempo vago, que procura multiplicar de dia para dia, perde-se em viagens, algumas pelos montes em redor, outras pelos livros que sempre o acompanham. Prefere o vinho à blogosfera, a blogosfera ao Parlamento.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s