Porque razão o Governo de Portugal se lembrou de insultar a Palestina?

tumblr_m0dhysIfKP1r94e9jo1_500

O Governo português, que não disse uma vírgula a Israel sobre o mais recente massacre do povo palestiniano, anunciou que vai enviar 25 mil euros para ajudar na reconstrução de Gaza, que está estimada em 6 mil milhões de euros. Que os 5 mil sacos de 35kg de cimento que podem ser comprados com esse valor sirvam para multiplicar os túneis da resistência, uma vez que, gastos em pão, mal servem para alimentar uma família na Palestina durante um ano. Se o cimento não estiver a ser necessário que os usem em balas ou em rockets, que para pão, como é fácil de perceber, serve de pouco.

A caridade não devia substituir a solidariedade e muito menos ser usada como arma ao serviço do insulto. Face a isso que a esmola que o governo português quer chamar de ajuda sirva para que se perceba, por todos os meios, o tamanho da costela sionista da direita em Portugal. Bruno Maçães, secretário de Estado dos Assuntos Europeus responsável pelo anúncio da verba, devia dobrar a língua antes de se colocar ao serviço de um valor que ele desbarata em pouco mais do que um par de viagens e algumas, poucas, despesas de representação.

Eu escolheria um povo mais manso para brincar à diplomacia.

5 thoughts on “Porque razão o Governo de Portugal se lembrou de insultar a Palestina?

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s