Pelo meu relógio são horas de gastar 25 mil euros para ajudar o Bruno Maçães a voar como Carrero Blanco

Candie_BleedingHand

Bruno Maçães acha razoável, bom e funcional que em 2013 se tenha cortado 1200 milhões de euros em despesas com saúde e mais de 500 milhões em transferências sociais. Também louvou o corte de 25% nos salários dos funcionários públicos na Irlanda e não poupou elogios à austeridade. Nas reviravoltas que foi escrevendo no Expresso até ser convidado para secretário de Estado, disse ainda que “os empréstimos não são pagos ou não são integralmente pagos”, não para defender a suspensão da dívida, mas para defender a decisão da banca de pagar os seus desmandos com o dinheiro dos depositantes. Já empossado passou a ser conhecido entre os seus congéneres como “o Alemão”, numa alusão à sua veia mais papista que o Papa e que esteve na base da decisão absurda do governo ir além do que tinha sido definido no seio da troika. Para Bruno Maçães, será sempre razoável que Portugal limite a sua ajuda à reconstrução de Gaza em 25 mil euros, mesmo que essa verba sejam autênticos amendoins se comparados com o seu orçamento privado, com as verbas que dispõe para a gestão da sua secretaria de Estado e, claro, com os rios de dinheiro que o seu partido (a par do PS e do CDS) recebem das empresas, a fundo perdido, apenas e só para ganhar eleições.

Há fronteiras que a prudência aconselha a não atravessar. Bruno Maçães e o seu governo escolheram mal a escala com que procuraram mascararam a hipocrisia e a cumplicidade com Israel e agora estão, justamente, na linha de fogo.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s