A técnica da forma contra a forma da técnica

unnamed (2)

Passos Coelho caiu na armadilha do dinheiro e da mentira e, ainda assim, não cai. É isso, não é? Percebi bem, não percebi? O estado do estado é tão terrorista, tão obsceno, tão promiscuo, que em qualquer outro país estaria metade da população na rua e uma mão cheia de governantes com a cabeça a prémio. “Eu queria de ti um país”, dizia o poeta. Está visto que falava mais de quem tolera o circo do que das feras.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s