Exorcismo Arquitectónico em Querença (ou como o pós-modernismo inoxidável está a destruir as nossas aldeias)

20131226_170145

20131226_17015720131226_17012720131226_18253020131226_182439

2 thoughts on “Exorcismo Arquitectónico em Querença (ou como o pós-modernismo inoxidável está a destruir as nossas aldeias)

  1. Parabéns Renato pela oportunidade desta denúncia. Denúncia! É isso mesmo, é assim que deve ser encarado este problema. Cada região do país tem uma identidade própria, e aquela que primeiro nos fala disso é a sua arqitetura. Se cada um dos interventores desatar armado em aprendiz de feiticeiro, em muito pouco tempo teremos o país igual de norte a sul, incaracterístico como qualquer loja de hamburgers em qualquer parte do mundo. É provável que haja quem não considere que o pormenor não afeta uma paisagem urbana, eu diria que é sobretudo neles que reside a diferença, porque cada vez mais vai ser difícil resistir à normalização urbanística.

Deixe o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s